segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Brasil, o eterno gigante bobo


Vamos ser sinceros.

O Brasil está condenado a ser o que sempre foi, com exceção de alguns ínfimos lapsos de autoestima em sua história de 516 anos: um gigante bobo.

E isso por uma razão muito simples: o que esperar de um país com um povo que


1) é semialfabetizado;

2) se informa por meio de emissoras de televisão, e principalmente por intermédio de apenas uma delas;

3) abomina os livros;

4) desconhece a ciência;

5) despreza a educação;

6) não tem noções básicas de cidadania;

7) se regozija em burlar as leis;

8) acredita piamente no que falam "religiosos" picaretas;

9) sustenta financeiramente esses "religiosos" picaretas;

10) atenta, em variadas questões, contra a lógica;

11) é extremamente preconceituoso;

12) crê que a "meritocracia" funciona numa sociedade desumanamente desigual;

13) consome, com enorme prazer, o lixo da indústria de entretenimento;

14) se guia por modismos;

15) tem como ídolos atores de novelas, jogadores de futebol e pilotos de F-1;

16) acha que Miami é o paraíso na Terra;

17) odeia quem não pense igual a ele;

18) diz que abomina a corrupção, mas sempre a dos outros, nunca a dele;

19) divide as pessoas em boas e más;

20) diz que acredita em Deus, mas não segue nenhum de seus mandamentos.

(Carlos Motta)

3 comentários:

  1. Concordo Motta , muito boa sua análise principalmente fazendo alusão ao tal gigante,bobo,após resultado das eleições...Muito triste percebermos que so se anda pra trás...Abs Sonia Raquel

    ResponderExcluir
  2. Acho que voce descreveu o prototipo de cidadão que o capital exige. O sujeito que não se comporta dessa forma, morre de fome sem conseguir arranjar trabalho. A casagrande é cruel.

    ResponderExcluir
  3. Matou em cima. Infelizmente.

    ResponderExcluir